Música Pra Guerra

by Discarga

/
1.
2.
01:03
3.
01:16
4.
5.
00:41
6.
7.
8.
9.
10.
11.
00:56
12.
00:59
13.
14.
15.
16.
17.
18.

credits

released January 1, 2008

Discarga é: Daniel - vocal e guitarra / Nino - bateria / Juninho - baixo.
Backing vocals por Discarga, Pato e Jorel

Gravado e mixado no estúdio Rock Together (www.rocktogetherstudio.com) entre janeiro à março de 2008. Produzido por Otávio Boi e Discarga. Faixa 18 são músicas bônus, originalmente de um split 7" com H-Zero (Barcelona), lançado por Mindless Mutant Records (www.mindlessmutant.com) gravado e mixado dias 15 e 16 de agosto de 2005 no estúdio El Rocha por Fernando Sanches. Masterizado no Norcal Studios (www.norcalstudios.com.br) por Walter Lima em abril de 2008. Participações na "Sob Influência" por Roger (percussão); Rei Leão (trombone) e Coruja (sax) Skarrapatos-Ko. Participação na "O Porquê da Violência..." por Mauricio Takara (eletrônicos) sampler do começo retirado do filme "Animatrix"; sampler do meio retirado filme "Os 12 Macacos". Sampler na "Intro/Hate" retirado do spoken word Hate, por Tahani Salah. Todas as músicas escritas, reescritas e plagiadas por Discarga. Fotos por Maurício Santana e Daigo Oliva. Arte por André Vielano. Finalização por Chapado. Editado em CD pelos selos: Läjä (www.laja.com.br), Karasukiller (www.karasukiller.com) e 625 (www.625trash.com). Também disponível em LP pelos selos: Läjä, Thrashbastard e Refuse.

tags

license

all rights reserved

about

Läjä Rex Vila Velha, Brazil

contact / help

Contact Läjä Rex

Track Name: Repressão Subliminar
Em pânico quieto, engulo o choro
Garganta seca, puro desgosto
Palavras duras olhar vazio
Auto punição um novo desafio
Essa força opressora não vai me intimidar
Repressão subliminar superstição abstrata
Track Name: Símbolos
Educação induzida, doutrinação consentida
Aceitação para inclusão, produção e exclusão
Consuma menos e pense mais
Expanda os horizontes da sua realidade
Não insista em apenas repetir os símbolos
Se você tem um cérebro pensante
Exercite-o, treine-o e use-o mais
Consuma menos e pense mais
Track Name: O Agora
Somos a história do futuro
Que odiarão contar aos nossos filhos
História de ódio e egoísmo
Que vivemos em nosso tempo
Não temos nada a perder
Nem do que nos envergonhar
Confiantes em nossa força
Tenacidade e valentia
Nos cansamos de esperar
O que nunca ocorrerá
Não vamos mais pedir permissão
Comecem agora a revolução
Track Name: Teor Alcoólico
A sentença de desce redondo
Embriaguez é a ruína da razão
É uma velhice prematura
Uma morte temporária
Jogando sujo a moda capitalista
Diversão, alucinação e alienação
Vício degradante e humilhante
Social, prático e legal
Uma velhice prematura
Uma morte temporária
Deturpação de idéias
Idéias deturpadas
Track Name: Ilegal
Separado dos que me amam
Atravessei tantas fronteiras
Por um futuro mais digno
Minha saída ser ilegal
Constante medo de ser descoberto
Não estremesse minhas esperanças
Só me deram essa escolha
Procuro um mundo melhor
Só me restou ser ilegal
Já me deram essa escolha
E agora não vou parar
Ignoro suas fronteiras
Escolhi ser um ilegal
Track Name: Medo Nas Ruas
Terrorista na TV
Toque de recolher
Puro medo nas ruas
Notícias distorcidas
A justiça é falha, retardada
Manufatura de delinqüência
Ações já planejadas
Alvos foram estipulados
Chumbo grosso comeu solto
Fim de semana cheio de baixas
A justiça é falha, retardada
Manufatura de delinqüência
Recuperação é para poucos
O drama só aumenta do outro lado dos muros
Track Name: Somente Mais Um Número
Está na hora de acordar, não há tempo para abstenção
Temos urgência em nossas necessidades
Uma chama que queima no coração
Está na hora de tomar partido, até quando vai se esconder
Sonhar sozinho não resolve nada
Sonharmos juntos para fazer acontecer
Dê um passo a frente para mudar
Somente mais um número
Track Name: Processo Sem Retorno
Parasitas do presente
Arrebentam o futuro
Ciclo de exploração
Sugam todos os recursos
Pilhas de lixo
E milhões de condenados
Tons de cinza
São as cores que restaram
Processo sem retorno
Track Name: Prontos Para Julgar
Moral judaico cristã
É um jargão facilmente usado
Olhar atravessado
É culpa do precário
Estamos prontos para apontar o dedo
Estamos prontos para julgar
Telefone sem fio da porra
Minha vida é um livro aberto
Para você arrancar as páginas
E queimar com seus camaradas
Track Name: O Porquê da Violência...
Espaços urbanos como campos de batalha
Violência de gangues muito sangue se espalha
Se armar, se matar
O porquê da violência sem um porquê!
Guerrilheiros acéfalos pela cidade se matam
Ideologias de brinquedo uma guerra por status
Track Name: Intro/Hate
"I have this image in my head that one day when I step off this airplane I'll be on this land where the air is sweeter than any fruit I have tasted and
That the land is softer than any ??not sure what she says this word but pillow, mattress, wool, these are all soft things, but not what she said??
I can imagine and that peace is possible.

But for now, the mothers of our holy land are being stabbed, raped and murdered and if I could get to her, she has fallen.
My siblings and I feel guilty that we haven't given her ourselves but we bleed her blood for her blood runs through me, while I speak for her will
And for her people and even though there's no one to listen anymore, and still the questions stands, why do these young Palestinian children hate
So much?
It shouldn't be why, it should be what kind of hate do they have? Because it was never for people and no for accordance (?not sure, but that's
What i think she says)? Hate, keeps them alive, this hate, makes them live under the day even though there's nothing to live for, this hate, puts air
Into their lungs even though there might not be tomorrow, this hate, makes them want to have children just to teach them not to hate. Because on
The other side, hate is wrong to children, hate is wrong to a tree and to shake ?to a ..v..? and never repeats for their own protection, hate is shown
Through black sheets and separation, never inter-relation, hate is the fact that in this country we teach our 6-year old children to step and throw
A baseball in little league games because their parents have turned behind them and in other countries there are 6-year old children step and
Throwing rocks to protect the tears
And the lives of their grandparents ?ambush got close?, which leads me to say, it's not your ordinary hate, maybe this hate kept my father alive,
Maybe this hate makes children feel they have to hold their shit in one extra day just to feel full.

And for you, whoever said it doesn't really mean it that way. 6-year old children walking down roads kicking pebbles the wrong way get shot at.
7-year old children walking down the roads speaking the wrong language at the wrong time get shot at.

Before you can ever say you were sorry, the mothers of our holy land are being stabbed, raped and murdered. And before you can ever learn of her,
Or I ever get to her, she has fallen."
Track Name: Boicotar
Mentiras infames
Jogo sujo de interesses
Penetrando em sua mente
Abraço corrupto do estado
Boicotar sabotar insurgir derrotar
Sorriso bonito, fala fácil
Ele mente você acredita
Propaganda enganosa
Esquerda direita, esquerda direita
Democracia representativa
E a farça eleitoral
Populistas em comitivas
Compram votos com o nosso suor
Assistencialismo e conluio
Para perpetuar o seu lugar
Track Name: Explorar Para Esgotar
Piração dos patrões contra o povo que trabalha
Dão o sangue por uma merda
E de retorno quase nada
Explorar para esgotar
Milhares de horas desperdiçadas nenhum valor isso paga
Explorar para esgotar
Com a saúde por um fio
Mente, corpo e até a alma
Explorar para esgotar
Track Name: Batendo A Cabeça
Batendo a cabeça contra o muro
O peso da civilização sem futuro
Abolição da autoridade
Nosso passo a diante
Liberdade conquistada
E não continuaremos
Batendo a cabeça contra o muro
Track Name: No Brain No Gain
No brain no gain
Progressão continuada
Aprendizagem massacrada
Desequilíbrio da informação
Aniquilar a educação
Progressão continuada
O estado reduz os custos
Descaso nas escolas
Para formar adultos burros
Track Name: ...Livre Então
O homem sábio que consegue
Controlar suas paixões
Que não teme a miséria
E quem é livre então?
Resistindo firmemente aos apetites do mundo
E desprezando as honras
E quem é livre então
O homem sábio que consegue controlar suas paixões
Que não teme a miséria, a morte, as grades
Resistindo firmemente as apetites do mundo
E desprezando as honras do mundo
Que confia totalmente em si mesmo
Cujos pontos angulosos do caráter
Foram todos arredondados e polidos?
O homem sábio que consegue
Desprezar todas as honras
E resistiu firmemente
Ele é livre então!?!
Track Name: Split Com H-Zero
01. DESACELERAR
Não temos tempo para parar e falar
Não temos tempo para parar e pensar
Precisamos de máquinas rápidas
Para poder produzir
Nos transformaremos em máquinas
Para o ser humano destruir
Temos que desacelerar
A velocidade vai nos matar
Tempo é dinheiro é a máxima do capital
Temos que desacelerar
(Na sociedade de hoje, estamos tão acostumados a viver as coisas muito rápido, que atropelamos muitas etapas que são cruciais para nosso bem estar, tudo isso geralmente para ganhar dinheiro)

02. ATIRAR NA CABEÇA
Atirar na cabeça, pra te parar com eficiência
O medo é constante mas seguimos a diante
(A violência policial não é mais uma exclusividade da polícia brasileira)

03. QUAL É A SUA COR?
Questão de classe, qual é a sua cor?
Estou confuso, pra onde eu vou?
Se alguém te pergunta você dá uma de mané
Para não parecer menos do que você já é
Na multidão de indigentes ou numa vala comum
Só seu osso é branco igual a de qualquer um
(Uma vez perguntado sobre qual a sua cor, o jogador Ronaldo do Real Madrid disse que era branca, o que causou um certo mal estar entre muitas pessoas do seu país natal, afinal de contas, o que ele vê quando se olho no espelho???)

04. MAR DE LAMA
Depois de uma chuva de denúncias
A suja política do país
Foi banhada até o joelho
Num mar de lama
Mar de lama
(A corrupção e a luta pelo poder estão mostrando cada vez mais a cara dos políticos do Brasil. É praticamente inexistente a vergonha na cara)

05. SEM CAUSA
O povo clama por mudanças
Mas quem quer se sacrificar?
Um chute na bunda dos preguiçosos
Demagogia é pouco pr quem quer se salvar
Fazer greve é bom, mas quem vai te apoiar
Será mais um a fila do desemprego engrossar
(É muito comum algumas classes de trabalhadores entrarem em greve, mas quando isso acontece, uma grande parte da população, apenas os enxergam como agitadores, que estão nessa apenas para atrapalhar suas vidas, e não para tentar conseguir algo melhor para toda uma sociedade, porque a "maioria" é tão desarticulada?)

06. MINHA SINA
Pé na porta sangue frio
Puxar revólver é a minha sina
Morto pela polícia
Mais um na estatística
Don't push me 'cause i'm close to the edge
I'm trying to not lose my head
(O Estado continua não dando as condições ideais de vida para as pessoas que dele dependem. Assim o que acontece é que ninguém quer ficar na sarjeta, nem que seja entrando pro crime. A violência é brutal para todos os lados)